aerolooks

Quem não gosta de conhecer pessoas, lugares e culturas, de experimentar comidas e bebidas diferentes, de ter novas experiências? Viajar é uma delícia! Mas escolher o look pra viajar nem sempre é tão bom. Mas não estamos falando das roupas que você vai usar nos dias de passeio, e sim do look para o aeroporto, afinal, às vezes são horas entre avião – sala de espera – cafeterias – conexões… e você precisa estar pronta para andar entre um portão de embarque e outro, algumas vezes, carregar mala e, muitas vezes, esperar. Por isso, é importante escolher um look superconfortável, mas, claro, sem abrir mão do estilo, afinal, todas querem chegar lindas ao destino final!

AEROLOOKS: CONHEÇA ALGUMAS TENDÊNCIAS

Algumas regras valem ouro ao escolher o look para viajar de avião:

– Escolha tecidos que não amassem;

– Opte por cores escuras, roupas pretas são sempre uma ótima opção;

– Faça composições que sejam fáceis de colocar ou de tirar na medida em que sentir frio ou calor;

– Não use roupas apertadas, sapatos de salto nem sandálias, prefira tênis, botas, sapatinhas ou mocassins;

– Bonés e chapéus podem ser aliados depois de tantas horas com os cabelos “esmagados” na poltrona;

– Não se esqueça dos óculos escuros;

– Calças e camisas jeans são ótimas, mas prefira as modelagens mais soltinhas;

– Moletons são ultraconfortáveis e podem ser muito estilosos;

– Não use muitos acessórios, eles podem te fazer perder tempo durante o raio-x.

 

Agora que você já conhece as regras do conforto, inspire-se nos estilos!

aerolooks

 

O QUE ACONTECE COM O NOSSO CORPO DURANTE UM VOO?

Quem faz viagens longas avião deve perceber mudanças no corpo, que são resultado da baixa pressão dentro da aeronave, que faz com que a umidade do ar e a oxigenação também diminuam. E isso afeta principalmente a pele, as mucosas e a circulação, provocando sintomas como:

Dor de ouvido: Com a subida do avião, a pressão de dentro do ouvido se altera rapidamente, fazendo com que se tenha a desconfortável sensação de que o ouvido está trancado ou estalando. Isso acontece porque o órgão está tentando se adaptar à baixa pressão a que o corpo está submetido. Para diminuir esse incômodo, você pode mascar chiclete ou beber pequenos e consecutivos goles de água para “destrancar” o ouvido.

Ressecamento dos olhos e do nariz: A umidade do ar dentro dos aviões não costuma passar dos 30%, ou seja, é como se você passasse horas num deserto, e isso causa muito ressecamento das mucosas. Com ressecamento das vias respiratórias aumenta a facilidade de contaminação por vírus, como o da gripe, por exemplo. O ideal é que você leve colírio e um soro fisiológico para hidratar o nariz. Evite perfumes fortes, que podem causar irritação e alergias, pois o nariz fica mais sensível. Prefira a combinação hidratante perfumado + body splash, que vai mantê-la hidratada e perfumada por horas.

 

aerolooks

 

Inchaço nas pernas, nos pés e nas mãos: O ar rarefeito e o fato de passar muitas horas sentadas prejudicam a circulação sanguínea fazendo com que fluidos corporais se acumulem nas pernas, nos pés e nas mãos. Isso não é somente desconfortável, é também perigoso, pois aumenta o risco de trombose. Para diminuir esse efeito, levante-se e faça pequenas caminhadas no corredor do avião, e movimente circularmente e para trás e para frente os pés e as mãos.  Em alguns casos, meias de compressão são indicadas.

Ressecamento da pele: O mesmo fator que causa ressecamento de olhos e do nariz faz com que a pele fique com aspecto “craquelado”, podendo causar coceiras, fissuras e até dermatites. Saiba como cuidar da sua pele durante o voo!

 

aerolooks

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *